canal 2.1

CANAL 513

FM 97,7

CANAL 20.1 (PARINTINS)

FM 95.9 (Parintins)

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Segurança pública na região do Solimões foi a pauta do encontro, que ocorreu um dia após o PGR visitar Atalaia do Norte

Segurança Pública foi a pauta da reunião entre o governador do Amazonas, Wilson Lima, e o procurador-geral da República, Augusto Aras, na tarde desta segunda-feira (20/06), em Manaus. O encontro ocorreu no Aeroporto de Ponta Pelada, na zona sul de Manaus, e contou com a presença do secretário de Estado de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur.

Na ocasião, Lima reafirmou o compromisso da sua gestão com a Segurança Pública e destacou investimentos realizados pelo governo estadual, sobretudo no combate ao tráfico de drogas nos últimos anos. O destaque é para a Base Fluvial Arpão, implantada para sufocar o tráfico de drogas no Rio Solimões.

Inaugurada em agosto de 2020, nas proximidades de Coari, a Base Fluvial atende à região do Médio Solimões e está em operação permanente no combate ao tráfico naquela, que foi a principal, rota utilizada pelos narcotraficantes para transportar os ilícitos pelos rios amazonenses. Os trabalhos contam com apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Desde a sua criação, a base policial integrada apreendeu mais de 13,6 toneladas de drogas e retirou mais de 690 armas de fogo de circulação.

A reunião com Augusto Aras ocorreu um dia após o procurador-geral visitar a cidade de Atalaia do Norte, para acompanhar os desdobramentos da operação que elucidou o homicídio e ocultação de cadáver do indigenista Bruno Pereira e do jornalista estrangeiro Dom Phillips.

Desde a notificação do crime, as forças de segurança pública do Amazonas enviaram reforços para a região para o trabalho de buscas e investigações. A operação envolve a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). Três envolvidos no crime já estão presos, os vestígios humanos das duas vítimas foram localizados e as investigações seguem em curso, dentro da força-tarefa com os órgãos federais.

Wilson Lima e Augusto Aras falaram da necessidade de ampliar a capacidade operacional naquela região. E o governador determinou ampliação do efetivo de policiais militares na cidade de Atalaia do Norte, em consonância ao entendimento do PGR.

“Eu acabei de me reunir com o secretário de Segurança e a gente já começa a montar uma estratégia. E vamos continuar discutindo com o Governo Federal quais outras iniciativas a gente vai montar para garantir a tranquilidade de quem mora naquela região”, destacou o governador.

FOTOS: Divulgação/Secom

Comentários

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin