canal 2.1

CANAL 513

FM 97,7

CANAL 20.1 (PARINTINS)

FM 95.9 (Parintins)

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A Marcha Para Jesus em Manaus atraiu muitos fiéis. Fé, propósito e liberdade foram alguns dos assuntos que marcaram o evento religioso que chegou à sua 28º edição com a presença do Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, o Governador do Amazonas, Wilson Lima, o Prefeito de Manaus, Davi Almeida, e pastores de vários templos evangélicos.

A marcha da limpeza pública se posicionou a partir de 13h para fazer o recolhimento do lixo durante o percurso da caminhada.

“Toda a nossa tropa, em torno de 300 homens, ia fazendo aqui após a passagem da Marcha para Jesus, nossas equipes junto com os coletores de lixo para deixar todo o trajeto até o Centro de Convenções bem limpo e bem agradável.” Comenta o Subsecretário da SEMULSP, José Rebouças.

O aquecimento para a Marcha iniciou por volta das 14h na Praça da Saudade, o público já se fazia presente com cânticos e louvores do ministério Leonardo Moreira e Banda.

“É muito importante encharcar o povo de adoração para quando sair, sair todo mundo com autoridade ministrando nos hospitais, nas ruas, nas comunidades. Isso é muito importante.” Disse o cantor evangélico, Miguel Dias.

No entorno da praça, pessoas de todas as idades e bonecos com a imagem de presidenciáveis fizeram parte desse evento. Um casal de venezuelanos que está em Manaus há dois anos falaram do propósito de estarem na marcha evangélica.

“Estamos com Cristo nesta marcha pela paz, democracia, liberdade e família.” Disse o economista venezuelano, Angelo Ramos.

No entorno, ambulantes com alimentos, bebidas e souvenirs, como faixas e camisas, aproveitaram para fazer uma renda extra.

“Aqui a gente complementa a renda, ganha um dinheirinho a mais e consegue fazer um valor melhor para agregar na nossa família, né?!” Contou o vendedor ambulante, Luiz Paiva.

Às 15h, os fiéis iniciaram a marcha evangélica que percorreu as ruas Ferreira Pena, Airão, Constantino Nery e Pedro Teixeira, uma distância de quase seis quilômetros e temperatura de quase 30ºC. Um dos convidados da 28° edição da Marcha para Jesus, o Presidente Jair Bolsonaro, intercalou o percurso em cima do trio e também no chão. Por volta das 17h a marcha chegou ao final no Sambódromo. O Presidente Bolsonaro, que estava no palco, liberou para acesso dos fiéis o espaço destinado a sua segurança.

De acordo com a Polícia Militar do Amazonas, a Marcha para Jesus contou com a presença de 70 mil pessoas, e muitos dos que vieram sabiam dos propósitos que os levaram ao evento evangélico.

“Eu vim com o propósito de orar pela família, profetizar pela nossa nação.” Disse a industriária, Pamela Mar.

“Nós temos que louvar e agradecer a Deus, por tudo o que ele tem feito em nossas vidas, que Jesus é quem está nos livrando dessa pandemia e Deus é acima de todos nós.” Comenta Francisca Costa, autônoma.

“Saúde para minha família e minha vida.” Disse o mototaxista, Davi Vital.

Quem chamou atenção por sua devoção e fé foi a estudante Laura Nicola, de 14 anos, que mesmo descalça vibrou e se emocionou com as orações durante a marcha.

“Valeu muito a pena, porque a glória de Jesus está sobre esse lugar, eu sinto a ‘shekiná’ Dele aqui.” Comenta a estudante.

No palco, os pastores pregaram a paz e unidade religiosa. As autoridades presentes também enalteceram os propósitos da Marcha para Jesus.

“Essa é a 15º Marcha para Jesus que eu participo, o Senhor tem nos oportunizado para trazer muitas bênçãos para esta cidade.” Disse o Prefeito de Manaus, David Almeida.

“Mais uma vez o povo de Deus mostra sua força no estado do Amazonas. Obrigado Presidente Jair Bolsonaro e sua esposa Michele pela vinda ao Amazonas, é importante sua vinda porque demonstra o compromisso que o senhor tem com o nosso Estado. E cumprimentar cada um de vocês que estão aqui e que tem um propósito nessa Marcha para Jesus, que Deus abençoe a todos vocês, muito obrigado.” Complementou o Governador do Amazonas, Wilson Lima.

O Presidente Jair Bolsonaro também se pronunciou: “Somos passageiros nessa terra, temos princípios, temos valores e temos o que defender, não abrimos mão dos valores familiares”, disse ele.

Logo mais o presidente destacou, sem entrar em detalhes, que irá proteger a zona franca de Manaus, citando apenas alternativas econômicas: “Ninguém perderá nada aqui reduzindo impostos, como por exemplo o IPI. Eu nunca vi um país crescer aumentando ou criando novos impostos. A zona franca, a região do Amazonas tem um potencial enorme, como disse, ninguém tem o que vocês tem, como por exemplo os fertilizantes em Autazes e a nossa rica biodiversidade”, concluiu o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.

 

Reportagem: Fernando Reis

Foto: Arthur Castro/Secom

Comentários

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin